OUIJA – Começando os relatos…

OUIJA BOARD

Dando continuidade ao post sobre OUIJA:

Vou citar alguns procedimentos básicos que tomamos antes e durante o estudo ou sessão.

  • Sempre purificamos os utensílios.
  • Consagramos o local, assim como em todos os rituais.
  • Evocamos um protetor para o círculo, este toma conta do ambiente, inclusive já foi visto por terceiros dias após. (relato para outro post)
  • Oramos cada um com sua oração em particular.
  • Os respeitamos acima de tudo.
  • Em uma das vezes, utilizamos musica de fundo em um aparelho de som, com um CD celta tocando e refletiu na sessão, deixando as coisas digamos um pouco mais agitadas (descrevo mais tarde).
  • Nunca fazemos perguntas específicas fora aquelas comuns como o nome do espírito, se ele tem alguma mensagem pra alguém do círculo… deixamos sempre que eles se comuniquem e nos passem sua mensagem. Assim como também não fazemos perguntas sobre eles, suas origens como morreram, etc…
  • Claro, não fazemos sozinho, mesmo porque o objeto utilizado como indicador necessita de energia ou como os espíritas dizem, ectoplasma e para isso é necessário mais de uma pessoa acredito eu, fora por medidas de segurança.
  • Utilizamos velas e incensos.
  • E, assim como abrimos a sessão, sempre a encerramos.

Agora vou passar um dos relatos, que é o que todos queremos compartilhar e esperamos que compartilhem os seus.

Aos céticos gostaria de dizer que podemos compreender, eu mesmo antes de minha primeira participação, era totalmente descrente, achava se tratar de manipulação e até durante a sessão desconfiei, até ter prova, ou melhor, muitas provas.

É normal de a natureza humana ter medo, desconfiar e até mesmo duvidar daquilo que não conhece…

Bom, fui convidado a participar de uma dessas sessões e fiquei bem ansioso, por normalmente não desacreditar em nada mesmo duvidando de algumas coisas, naturalmente isso acontece com os pagãos, me preparei e mais tarde nos reunimos, todos ao redor de uma mesa de superfície lisa e um copo simples, nunca usado, números, letras e sim ou não recortados em pedaços de papel por baixo de um tampão de vidro, algumas velas, incensos e tal… Éramos 4 pessoas.

De início admito, ansioso demais aguardava um sinal do outro mundo e muito rápido ele se manifestou. Em alguns minutos, e tenha certeza que eles passam até rápido demais, pensei estar sendo manipulado pela cinética dos movimentos dos dedos no copo apoiados, e em um certo ponto quase tive certeza, quando de repente, o espírito ali manifestado me disse algo que mudaria totalmente meu conceito após aquela hora… ““Vou te fazer acreditar””… E eu claro, achei que viria alguma balela, alguma coisa que as pessoas ali sabiam e podiam estar usando… Mas… Algo me foi dito, algo que só eu poderia saber com total certeza, pois nem mesmo eu me lembrava no momento, mas o espírito continuou e me deu detalhes. Uma mistura de ansiedade, euforia e um pouco de medo tomou conta de mim. Mas com o decorrer da sessão, tudo foi fluindo… Mensagens após mensagens, algumas confusas, talvez sem nexo, outras bem compreendidas, mas duas marcaram bastante e a esse ponto, eu já acreditava plenamente em tudo.

Naquela ocasião, precisando de dinheiro, eu estava a vender um carro e vinha encontrando dificuldade… Uma das manifestações do copo me disse então: Você vai vender o carro no dia 6. E outra manifestação disse a minha esposa, que ela iria começar a trabalhar dia 19.

Bom, fim da sessão e todos ansiosos para próxima, esperando o desenrolar das mensagens ali passadas as quais não fomos nós que as pedimos. Tudo isso ocorreu por volta do dia 26 não me lembro bem, mas enfim, chegou o dia 6 mais próximo… E lá se foi o dia 6… E nada, absolutamente nada… depois chegou o dia 19… E mais uma vez NADA. E aí vêm as perguntas… Será que foi manipulação? Espírito Zombeteiro? E as exclamações… Não acredito mais nisso, não serve pra nada, é tudo mentira… (mesmo com a prova que o espírito me deu).

E passou um mês, já havíamos quase esquecido, até que então alguém me liga:

“Filip??? Sim… Quero comprar seu carro, quinta-feira estarei aí e acertamos tudo.”

Beleza fiquei feliz da vida. Chegando quinta-feira, tudo ocorrendo na mais perfeita ordem, dinheiro transferido para minha conta, fomos ao cartório assinar os documentos, quando fui datar o recibo… Nem preciso dizer: DIA 6.

Naquele momento comecei a tremer, não sabia o que pensar, fiquei rindo por segundos… Tudo terminado corri para casa e lembrei a todos… E o mesmo decorreu com o emprego de minha esposa, da mesma maneira… Foi assim que iniciamos o estudo freqüente em OUIJA e tivemos muitos e muitos outros relatos positivos e em breve passaremos a vocês.

Como disse, não obrigamos ninguém a acreditar, mas nós acreditamos!

Filip Cortin

Anúncios
Publicado em magia | Deixe um comentário

O Mago ( Tarot )

O Mago, o primeiro arcano maior do tarô, é um arquétipo representado na carta por um adolescente, que tem um longo caminho a percorrer. Normalmente, tem sobre a sua cabeça o símbolo do infinito, dadas as inúmeras possibilidades e oportunidades que tem à sua frente. Esta carta tem o número I e a letra hebraica Aleph.

Simbologia:

Início, maestria, objetividade.

Segundo os estudiosos do Tarô, a carta do Mago dá início à caminhada espiritual. Indica sempre que algo novo está a começar. Tem uma mesa à sua frente, onde se podem ver quatro objectos simbólicos: uma taça, um punhal, um pergaminho e uma moeda, que pode ter a imagem do pentagrama. Parece que precisa de ajuda superior para tomar uma decisão e por isso ergue um pequeno bastão para o alto, captando energia e dirigindo-a para baixo, com a outra mão. É como se ele fosse o elo entre as energias divinas e o mundo material, mas precisa de ajuda porque ainda é um aprendiz. O punhal é o simbolo da luta, da energia sexual, do poder e da vitória. A moeda é o simbolo do mundo material, dos bens e do dinheiro. O pergaminho é a inteligência, o estudo, a espiritualidade. A taça, por sua vez, simboliza as emoções, o amor, o coração, a sensibilidade. O bastão é o simbolo da vontade e da sabedoria. Na caminhada espiritual, o Mago representa o ponto de partida e a necessidade de fazer uma canalização de vibrações superiores para poder realizar uma evolução.

Mensagem:

A carta representa o poder da mente em direcionar um projeto com maestria, concentrando esforços e inteligência para um determinado fim. Representa também a concentração sem esforço, pois trabalha e cria com naturalidade e espontaneidade. Pode representar ainda como uma necessidade de tomar uma iniciativa imediatamente, de ousar mais.

Bran Lugh.

Publicado em magia, tarot, Wicca | Deixe um comentário

OUIJA


O Nosso ponto de vista:

Somos todos leigos e curiosos quanto ao outro lado, quanto à vida pós a morte, quanto ao nosso destino.

Creio eu, contradizendo o que dizia Chico Xavier (“O telefone não toca daqui pra lá!”), que podemos sim efetuar essa chamada, desde que com as devidas precauções e respeito acima de tudo.

Não encaramos a OUIJA como uma brincadeira, mas como um estudo e como a oportunidade de manter contato com pessoas sabias ou não, mas que sim, conhecem a parte oculta da pós vida. Há sim riscos, e estes não podem ser desconsiderados.

Muitas lendas e suposições rondam esta técnica, algumas verdadeiras outras nem tanto…

Tentarei relatar em alguns posts experiências, técnicas que usamos e resultados obtidos.

Peço desde já licença e muita luz aos espíritos necessitados.

Toda palavra tem poder e precisamos escolher sempre bem o que dizer ou escrever.

Leia abaixo Origem e Críticas retiradas do Wikipédia.

E no próximo post começaremos com “nossos” relatos e tudo mais.

Filip Cortin

Origem

O princípio que baseia o tabuleiro Ouija ficou conhecido depois de 1848, ano em que duas irmãs estadunidenses, Kate e Margaret Fox, supostamente contactaram um vendedor que havia morrido anos antes e espalharam uma febre espiritualista pelos Estados UnidosEuropa. Há também indícios de que o princípio teria sido aperfeiçoado por um espiritualista por volta de 1853, chamado M. Planchette, que teria inventado o indicador de madeira que é utilizado até hoje.

Críticas

Além das tradicionais críticas dos céticos, o tabuleiro Ouija também é criticado entre os espiritualistas. O famoso Edgar Cayce declarou-os perigosos. Críticos avisam que maus espíritos poderiam enganar os participantes e possuí-los espiritualmente.

No meio especializado, há diversos avisos contra o uso do tabuleiro por pessoas desavisadas. Há também notícias de tablóides relatando casos de suposta possessão demoníaca em decorrência de sessões envolvendo espíritos malignos.

Igreja Católica é crítica com o tabuleiro e a brincadeira do copo, assim como as experiências de seus fiéis na busca pelo contato com os mortos, em geral. A recomendação dos padres é que os fiéis se mantenham distantes de participações nesse tipo de evento.

Da mesma forma, Igrejas Evangélicas costumam acusar essas práticas como “brincadeiras com demônios”.

doutrina espírita orienta no Livro dos Médiuns que estas práticas devem ser evitadas uma vez que, normalmente, são utilizadas para curiosidades em geral e perguntas vãs apenas, longe da seriedade exigida no intercâmbio com a espiritualidade benfeitora, e, dessa forma, é mais provável a presença de espíritos levianos e zombeteiros, sem nenhum interesse com a verdade e com a dignidade, do que espíritos bons e esclarecidos comprometidos com a divulgação das propostas morais e éticas da Vida.

Publicado em encanto, magia, ouija | Deixe um comentário

Encanto de Amor.

Em algum lugar perdido onde não se encontravam meios nem fins de se obter somente aquilo que deveria ser alcançado, vivia uma poderosa criatura com coração de anjo e sabedoria milenar. E ela carregava em suas memórias receitas mágicas passadas por direito e herança de família e deixarei aqui algumas dessas receitas. Mas cuidado com manipulações, para todas existe um resultado e muitas vezes o que desejamos ardentemente para nossas almas hoje pode não ter nenhum sentido em nossas vidas amanhã…

Encanto de Amor.

– Batata doce.
– Prato branco virgem.
– 7 ovos de codorna.
– 7 moedas douradas.
– Melado.
– 2 Cuité.
– Agua mineral.
– Vinho tinto doce.
– 2 velas brancas.
Cozinhar a batata doce e fazer um coração no prato. Colocar o
nome e o pedido embaixo do coração.
Cozinhar 7 ovos de codorna deixando ele moles.
Colocar em volta do coração, fazer um furinho na hora de
entregar.
Colocar 7 moedas no prato e derramar muito melado.
Levar para mata pedindo permissão p/ saci. Escolher arvore
frutífera. Bater palmas 7 vezes, colocar a mão na arvore e pedir
permissão para os Mestres em nome da jurema sagrada, do
angico ao vajucá e ao cotocó.
Acender 2 velas coladas uma na outra rezar pai nosso e ave
maria. Colocar o prato arrumado no pé da arvore. Colocar o cuité
com agua mineral para Iara e um com vinho para os Mestres e
caboclos de couro e pena. Rezar pai nosso e ave maria. Dar 3
passos para tráz e ir embora, pedindo ajuda ao boitatá e
caipora.
Encantos antigos com revelações surpreendentes…
Publicado em amor, encanto, encanto de amor, magia | Deixe um comentário